À conversa com a Carlota Rodrigues!

3 Comentários

À conversa com a Carlota Rodrigues!

Apresento mais umA Mãe de gémeos + 1, uma guerreira e cheia de força!! Parabéns e obrigada por partilhar a sua aventura connosco. 

Espero que gostem de conhecer a Carlota, eu gostei! 

🙂 

Aos Pares: Qual a tua reação quando soubeste que estavas grávida?

C: Estava sozinha na consulta e quando a médica disse “são 2”, perguntei “2 quê? 2 cm?”, ela disse “2 bebés”, e perguntei: mas isso é possível?! Deve ter achado que eu não batia bem da cabeça, pela cara que fez…

Depois resolvi dar a notícia ao pai por whatsapp, ainda mais insultada fui…

Aos Pares: Sempre desejaste ter mais que um filho, qual o teu número ideal?

C: Sim, 3.

Aos Pares: Qual a sensação quando soubeste que ias ter gémeos?

C: Já têm 3 meses e acho que ainda não é verdade! Quando era mais nova sempre disse que gostava de ter gémeos, mas como não tinha na família achava que não era possível… mal eu sabia o que estava a desejar… se eu soubesse tinha ficado caladinha… ahahahaha… mas claro que sou uma sortuda.

Aos Pares: A tua gravidez correu bem? Alguma recomendação para as grávidas?

C: Sim correu, fiquei de baixa as 26 semanas por causa do peso da barriga, porque tinha tido uma cesariana há pouco tempo. Tirando o facto de não comer muito e ter muita azia estava tudo bem.

Não serei a pessoa indicada para dar recomendações pois eu não gosto nada de estar grávida e só quero que o tempo passe rápido, mas eu tentava fazer a vida o mais normal possível.

Aos Pares: O que levar na mala de maternidade?

C: Para nós, várias camisas de noite, necessaire e algo leve e largo para vestir na saída; para os bebés, para além dos kits para cada dia, bodies extra, vários.

Aos Pares: Quais são as tuas rotinas diárias como mãe e mulher?

C: Todos os dias de manhã o Francisco, o mais velho, com 2 anos acabados de fazer, acorda pelas 6h e fica connosco +/- 1h, depois sai da cama, agarra-me na mão para irmos ter com os bebés. Tomamos o pequeno almoço os 2 a ver os desenhos animados e normalmente há sempre um biberão para dar, uma fralda para mudar ou um choro… ele já percebeu que é o nosso momento do dia. O pai veste o Francisco e vão os 2 para a escola.

Com os gémeos as rotinas não passam de fraldas, biberões, remédios, colinho, uns passeios pelo bairro e pouco mais.

Como ainda estou de licença, sou eu que espero pela empregada, a nossa São, que sem ela confesso que não sei como teria sido! E tento todos os dias ter umas horas fora, ginásio, massagem, supermercado, saldos… para além disso organizo com a São tudo de uma casa, supermercados, o que fazer para jantar, limpezas, arrumações, etc

Aos Pares: Consegues conciliar a vida de mãe com o trabalho?

C: Ainda não voltei ao trabalho mas estou bastante apreensiva, não sei como vou conseguir trabalhar e dar atenção e mimo a todos. Adoro trabalhar e não consigo deixar para amanhã o que posso fazer hoje, o que implica mais horas de trabalho ou trazer trabalho para casa, a ver como vai correr.

 

Aos Pares: Qual o episódio mais divertido e o mais caricato que tiveste com os teus filhos?

C: Com 3 meses ainda não temos grandes momentos para contar.

Aos Pares: Qual o maior susto que apanhaste como Mãe?

C: O maior susto foi no dia a seguir ao parto quando me disseram que o Vasco tinha tido 2 AVCs… Ainda com efeitos secundários da anestesia (dou-me muito mal… fico praticamente 2 semanas com fraquezas) nem estávamos a perceber bem o que nos estavam a dizer… percebemos que ele estava entregue a uma equipa médica e de enfermagem top, o que nos descansou um bocado, e fazíamos só o que nos mandavam. Foi e está a ser um dia de cada vez, sem prensar muito no assunto, pois nesta idade ainda não há nada que se possa fazer para além de estar atentos! E viemos para casa sem eles, foi um bocado estranho, difícil conciliar a recuperação pós parto com o Francisco e as idas ao hospital. Passados 3 dias veio o Vicente para casa, ficando o Vasco ainda mais 4 dias internado. Mas já passou e tudo se fez!

Outro susto foi também com o Vasco, que estava a beber um biberão a meio da noite e a tetina de borracha da Chico rachou-se, graças a Deus estava com uma enfermeira que viu e substitui logo, a tetina nem 2 meses tinha!

Aos Pares: És preocupada com a roupa dos teus filhos? Qual a tua loja preferida?

C: Sou sim, adoro que andem bem vestidos, atenção bem vestidos não quer dizer com roupas caras e de marca.

Tento o mais possível comprar entre Zara, H&M, Zippy, Patinhos (nos saldos) e marcas online/FB.

Aos Pares: Qual o teu maior desejo e o teu maior medo como mãe?

C: Que sejam boas pessoas, felizes, amigos, e que consigam seguir o caminho que quiserem contando sempre com os pais!

Medo é que com o tipo de vida que temos, em termos de trabalho, que não se dê atenção necessária e que alguma coisa nos passe ao lado por não estarmos presentes.

Aos Pares: Como gostas de passar o teu tempo em família?

C: Desejosa de conseguir fazer programas fora de casa com todos

Aos Pares: Os filhos dão-nos muitas alegrias, qual a maior que tiveste?

C: Ter 3 filhos saudáveis ao meu lado todos os dias!

Aos Pares: Recomendações pós-parto?

C: Acho que depende do objectivo e necessidade de cada uma, a mim as massagens têm feito lindamente à drenagem e contracturas; uma alimentação mais controlada, apesar de ser viciada em chocolates e não abdicar; também estou a fazer electroestimulação e parece-me que está a resultar. Mas a recomendação nesta fase é que arranjem maneira de eles ficarem com alguém e façam alguma coisa que vos faça sentir bem, sem sensação de culpa e não estar todos os segundos a olhar para eles, o que é uma seca!!!

Aos Pares: Quais as roupas que recomendas às grávidas?

C: Como não gosto de estar grávida tento ao máximo vestir roupas “normais” mas as calças de grávida (H&M as mais baratas que encontrei) são realmente confortáveis e aconselho mal não se consiga apertar o botão das “nossas” calças ou ao sentar incomodar que toquem, hoje em dia têm cortes que mais parecem calças normais.

Aos Pares: Programa perfeito com os filhos no verão?

C: Ainda não temos grandes programas com os gémeos, ainda estão na fase que estragam o programa! Tentei uma ou duas vezes e arrependi-me, nem almoçar se consegue, um chora… pára… outro quer comer… acaba… outro quer brincar… explica-se que é preciso mudar a fralda ao bebé… chora que quer a mãe… enfim…. Tentamos fazer com o Francisco que está numa fase giríssima, desde praia, piscina, parques com os primos, o máximo de ar livre, sou muito chata com horários de refeições e sesta mas nestes meses de verão “pode-se tudo”. Quero meses mais relaxados mas com horários, acho que é muito importante ter horários e não quebrar radicalmente as rotinas.

Aos Pares: Recomendações para Mães de gémeos?

C: Um dia de cada vez e não pensar muito.

Aos Pares: Ser mãe de gémeos é…

C: Nesta fase uma canseira e é uma fase que não há tempo para os gozar, com o mais velho que tem 2 anos que precisa de muita atenção, não é fácil nem é muito giro! Conto daqui a 3 anos já ter um discurso bem diferente 😍

Vencedores Bioderma - 3 ANOS Blog Aos Pares!
Os nossos filhos merecem o melhor!
3 Comentários
  • Vanessa Soveral

    Responder

    Adorei a conversa, tb me revejo em alguns aspectos.
    Mãe de gémeos já com 2
    Beijinhos

    • Mariana Seara Cardoso

      🙂

  • Catarina

    Responder

    Tb me revejo nas palavras da Carlota…. Odiei estar grávida…. Sou mãe de 2, Salvador e Sebastião 4 anos

Deixe um comentário