Às vezes falta-me a paciência….

17 Comentários

Às vezes falta-me a paciência….

Espero que não me levem a mal, mas gosto de ser sincera, e às vezes preciso de desabafar…

Tenho 4 filhos e sou mesmo MUITO feliz por isso, apesar de ainda ouvir muita gente dizer que sou “coitada” ou “louca”, sinto-me mesmo feliz, agradecida e abençoada por ser mãe de 4 bebés.

Não ponho de parte a hipótese de ter mais filhos, um dia, não agora. Sou feliz a ser Mãe, mas tenho de ter as minhas escapadelas de vez em quando para recuperar forças e paciência.

Ultimamente tem havido tanta desobediência por parte da Matilde que a paciência me tem faltado. Por vezes não sei mesmo como lidar com essa desobediência e com as birras constantes; quando estão os 4 juntos a birra pega-se de uns para os outros e muitas vezes vira mau comportamento geral. Enquanto se estiverem por exemplo só as manas, o comportamento é exemplar.

O Tomás tem dias, quando o contrario e tento explicar alguma coisa às vezes é complicado, mas na maioria das vezes acaba por perceber.

Confesso que muitas vezes acabo o dia sem paciência e com vontade de ir fazer uma viagem e ficar off para recarregar baterias, ir sem data de regresso… Como é óbvio, só em pensamento, porque isso não pode nem vai acontecer. Mas quando estou desesperada a minha vontade é ir!!!

Desculpem, mas acho que esta vontade é normal quando estamos cansados e os filhos nos testam até ao limite, ficamos frustrados de às vezes não conseguirmos fazer com que não se portem tão mal… Gostava que eles percebessem que isto só desgasta toda a gente e não traz nada de bom…

Por aí não passam por isso? Estou sozinha?

Tempo de acertar rotinas!
Mais um desafio superado este fim-de-semana!!!
17 Comentários
  • Sílvia Loureiro

    Responder

    Querida Mariana, se a ajuda a sentir-se melhor por aqui é so um Tomás e tb tenho essas fases. Um beijinho e amanhã é um novo dia.

  • S

    Responder

    Não está sozinha. Tenho gêmeas de 16 meses e adoro, mas às vezes é um desespero! Mas não trocava por nada

  • Patricia

    Responder

    Olá. Nao a acho louca por ter 4 filhos, ou melhor 2 casais de gémeos, acho que foi abençoada pois sao lindos, fofos e saudáveis.
    Percebo o que sente e só com uma filha, sempre foi difícil mas um dia sem ela também é insuportável
    Quando forem mais velhos e lhes contar todas essas histórias vão se rir muito
    Coragem
    Beijinhos

  • Patricia Teixeira Gonçalves

    Responder

    Oh mariana, como a compreendo e me revejo nessa frustração… sao dias, momentos menos bons….. e as vezes nada como 5 minutos para apanhar ar….

  • Esmeralda

    Responder

    Como eu a percebo… tenho gêmeas com 3 anos e 1 rapaz de 11. Os 3 estão naquela idade… por vezes também quero um bilhete de ida, mas depressa passa. Respiramos fundo contamos até 10000 e já passou. Beijinhos e muita força para nós super mães

  • Cristina

    Responder

    Olá Mariana! Aqui em casa é igual(3rapazes).Penso sempre que é uma fase e vai passar. Tem dias que também desespero!

  • Cátia Oliveira

    Responder

    É tão normal… a questão é que há muitas mães e pais que não assumem! Eles põem-nos doidas mas meia-hora depois já tudo passou e são tão carinhosos e tão fofinhosss que nos desarmam

  • Esmeralda

    Responder

    Como eu a percebo! Tenho duas meninas gêmeas com 3 anos e um pré adolescente com 11 anos, todos naquela idade…. por vezes também quero um bilhete de ida, mas depois vem aquele abracinho ou aquele sorriso e tudo passa. Um beijinho muito grande para todas nós que somos umas super mães.

  • Joana

    Responder

    Por aqui não há gêmeas , mas há duas manas 4 é 6 anos que testam os meus limites….há dias que não consigo jantar por ser tanta a birra….Mas melhores dias virão assim o espero!

  • Sofia

    Responder

    Sozinha??!! Nem pensar!! Eu só tenho um peste de 9 anos e todos os dias consegue atingir o limite da minha paciência… Sim, tds as crianças são diferentes mas n é a única, pensar que existem umas horas de sono para recarregar a paciência… Existem dias em que nunca mais chega a hora de irem para a cama… Por outro lado, qd querem um beijo ou abraço, só pensámos que vai melhorar, vai passar…

  • Mónica

    Responder

    Como compreendo… Adoro minhas princesas mas levam-me muitas vezes à loucura. Força maes

  • Ângela Rodrigues

    Responder

    É normal. Aqui em casa passa se o mesmo. Dois filhos já grandinhos, uma rapariga com 21 e rapaz de 19 anos que coitados já trabalham e outras duas raparigas uma com 13 anos e a bebê com 11 meses. E eu sozinha com eles pois o pai está fora do país a trabalhar. E ainda trabalho num supermercado a tempo inteiro. Tem dias que é para esquecer. Mas cá vou andando…..

  • Ana Martins

    Responder

    Mais que compreensível…aqui sou de mãe de apenas uma e tenho essa mesma vontade, portanto com 4…com toda a legitimidade pode e deve pensar assim e quando puder..fazer mesmo esses retiros para recarregar baterias…faz bem a nós e a eles também 🙂 Força*

  • Orlanda Silva

    Responder

    Olá Mariana.
    Não é a única. não está sozinha.Tenho 2 gémeas com 4 anos e sinto exatamente a mesma coisa. Aquilo que me deixa mais apreensiva é que, com 4 anos, acho que já não é muito normal fazerem birras. O que é fato é que estes 4 anos estão a ser muito difíceis, com estas “crises existenciais”. No meu caso há uma (a Leonor) que faz mais do que a outra ( Inês), mas é desesperante! Beijinhos

  • Carina Gomes de Guimarães

    Responder

    Força Mariana existem dias menos bons …dormir as vezes é o remédio…no dia seguinte é novo dia …por aqui uma menina de 7 e dois rapazes de 14 meses existem dias e horas muito difisseis mas como a Mariana disse e muito bem adoramos ser mães …eu também adoro …foi o que melhor me aconteceu bjs gosto muito do seu blog …ajuda me muito com os meus filhos … acho que deve ser sempre genuína.

  • Ana

    Responder

    Perfeitamente normal!! Aqui em casa só há dois… e o sentimento é igual… ontem o dia foi tão mau que às 21:15 crianças e mãe já estavam na cama…

  • Sónia Rochette

    Responder

    Por aqui passo exactamente o mesmo, é o desespero TOTAL, birras por tudo e por nada e quando não são os dois rapazes é a irmã a gritar e nós sem saber o porquê 🙁
    Quando é que passam as birras, aos 20? é porque, por cá não é aos 3 nem aos 4…
    Temos que ter muitaaaa paciência.
    Beijinhos

Deixe um comentário