Filhos Preferidos?

12 Comentários

Filhos Preferidos?

Muitas vezes perguntam-me se tenho filhos preferidos.
Não consigo perceber porque é que fazem esta pergunta…

São todos meus filhos, amo todos e quero o melhor para todos.

Mas pensando na questão de outra forma, por vezes existem fases de amor diferentes.

Não é uma questão de amar mais um do que o outro, são fases da vida, paixões diferentes.

Toda a gente diz que não há nada como o amor do primeiro filho, eu isso nunca senti, vieram logo dois e depois mais dois.. essa perspectiva não tenho.

O meu amor por todos é igual, mas sinto que há fases mas apaixonadas por uns que por outros e não é por mal, são fases.

Nesta fase tenho-me apaixonado muito pelas minhas bonecas, talvez por ainda serem mais bebés e por me darem mais mimo e serem mais meigas. Mas amor, é igual para todos.

É um tema sensível, parece que custa pensar nisso… O que acham?

Gosto de saber. 🙂

Beijinhos!

Fim-de-semana de estreias!!
Programas fim-de-semana 13 e 14 de Outubro!
12 Comentários
  • JM

    Responder

    Ninguém comenta… tema tabu?! Sou mãe de um casal de gémeos, tb por aqui não há 1os filhos. Concordo que há diferentes fases, já tive mais empatia com um e com o outro e sinto que o pai também. Ele queria muito um menino e é evidente que rapidamente se apaixonou por ela. Há sempre a questão dos opostos mas ao mesmo tempo mto em comum entre mesmos sexos. Até eles passam por essas fases verdade? 😉

  • PF

    Responder

    Tenho 3 filhos, todos tão diferentes. Nós amamos todos por igual mas acho que temos afinidades diferentes. Existem feitios e personalidades com as quais nos identificamos mais. É só isso. Não percebo o tabu sobre o tema.

  • CSS

    Responder

    Sou mãe de três filhos, e amo os todos da mesma forma, sabendo que a diferença de idades, as fases do seu crescimento e desenvolvimento requerem de mim atitudes, manifestações também diferentes o que faz com que por vezes sinta um aperto no peito quando sou confrontada com a ponta do ciúmes entre eles, e que me faz sentir tristeza e não, NÃO HÁ DIFERENÇAS ENTRE ELES NO AMOR QUE SINTO.

  • MMT

    Responder

    Eu só tenho um filho mas tenho vários irmãos e sim, há filhos preferidos. Sinto-o desde sempre

  • NB

    Responder

    Necessidades, afinidades, mais ou menos problemáticos… Sempre senti isso na pele. Somos 4 irmãos e notoriamente os dois mais velhos são os preferidos da minha mãe. Ama a todos, mas uma maior “inclinação” por eles. Fará por mal? Com certeza que não… Daí as desculpas iniciais, o que não invalida que os preteridos sintam a diferenciação…

  • Paula Costa

    Responder

    Sou mãe de quatro filhos, gosto de todos mas desde sempre que tenho mais amor para dar pôr dois é eles a mim ligam 7vezes pôr dia para saber se estou bem os outros dois ja não vejo a 1ano nem ligam .a sempre um ou dois preferido também vai das atitudes delees

  • Elisabete Miranda

    Responder

    Concordo plenamente com este texto porque partilho dos mesmos sentimentos pelos meus filhos.

    • Mariana Seara Cardoso

      <3
      Beijinho

  • Rita Bastos

    Responder

    Adorei a ideia de fases diferentes.
    Quando à noite vou aconchegar o meu filho mais novo penso sempre que o adoro tanto como ao irmão mais velho mas que ele se esforçou tanto por esse amor.
    O mais velho conquista o nosso coração de imediato o mais novo vai conquistando mas arrebata o nosso amor. Neste o momento estou na fase de amar muito todos os momentos com o mais novo mas nem sempre foi assim..

    • Mariana Seara Cardoso

      Concordo e percebo! <3

  • P. T.

    Responder

    Sou mãe de oito filhos únicos. Tenho uma Maria preferida, um F. preferido, uma N. preferida, um C. preferido… Dentre todos os Manueis do mundo, o meu filho é o meu preferido, e por aí fora.
    Sou apaixonadíssima por todos e tenho dificuldades com algumas características de cada um. Não os trato todos da mesma maneira porque são pessoas diferentes e faço deferências não acepções. (…)

  • Rute

    Responder

    Sou mãe de gêmeos, são completamente diferentes em personalidade e fisicamente, por vezes penso como seria se só tivesse um deles e não consigo imaginar. Amo igual, embora quando estou a mimar um, sinta culpa porque o outro também quer, vou alternando e tento mimar e dar atenção aos 2.

Deixe um comentário