Quem nunca?

13 Comentários

Quem nunca?

Desde que sou Mãe, o cansaço é maior e várias coisas hilariantes vão acontecendo.

Quem nunca…

– Adormeceu na cama dos filhos a contar histórias;

– Saiu de casa de chinelos e deixou a chave dentro de casa;

– Ficou cheia de cocó dos filhos na roupa;

– Saiu de casa a cheirar a bolsado;

– Fechou mal biberons e o leite caiu na cama;

– Fechou mal a fralda e o xixi molhou a cama;

– Trocou o nome dos filhos;

– Trocou os gémeos e haver um que não mamou e outro que mamou a dobrar;

– Mudou a fralda sempre ao mesmo;

– Limpou o ranho do filho à própria roupa;

– Tomava o seu banho quando o seu filho entra na casa de banho e leva um banho com o chuveiro;

– Teve preguiça de ir buscar uma babete e depois teve de lhes trocar a roupa toda;

– Teve vontade de fugir de tantas birras;

– Vestiu roupa ao contrário aos filhos e só reparou ao fim do dia.

– Calçou os sapatos trocados aos filhos (número ou pé);

-Berrou de desespero;

-Imitou os filhos nas brincadeiras e foi apanhada por “estranhos”  ahaha (tantas vezes que fui apanhada e morri de vergonha).

……

Faltam tantas que não me lembro…ahah! Mas quanto mais escrevo, mais aparecem!

Quem tem mais? 🙂

 

E quando estás longe e te ligam?
Já estamos prontos para o frio!
13 Comentários
  • Beatriz Vidal

    Responder

    Hilariante! A minha preferida: “trocar os gémeos e haver um que não mamou e outro que mamou a dobrar” morri a rir, não sabia que acontecia isto

    • Mariana Seara Cardoso

      🙂 É demais.

  • Suzel Soledade

    Responder

    A minha mãe deu de mamar a dobrar a uma das minhas gémeas enquanto fui à reunião de preparação para o batismo delas. Tinham elas 2 meses de vida.
    Cheguei a casa e disse-me: “Uma já mamou, a outra tento-lhe dar é só rejeita o biberon!” lool Vim a descobri que rejeitava, porque tava cheia que nem um techugo. eheheheh

    • Mariana Seara Cardoso

      Maravilha! ahahahah
      Estas coisas acontecem mesmo.

  • Jacinta Cardoso

    Responder

    Não tenho gémeos mas tenho 4 filhos, e uma vez dei o remédio ao que não estava doente, só me apercebi porque o que tomou o remédio andava atrás de mim a dizer: ” quero mais, quero mais…”

    • Mariana Seara Cardoso

      ahaha!
      Quero mais! 🙂

  • Susana Rodrigues

    Responder

    Tenho gêmeas com 14 meses. Já mudei a fralda há mesma , e a preguiça de ir buscar o babete ou a fralda acontece muitas vezes. A vida com gémeos é o caùs mas já não saberia viver de outra forma. O pai troca-lhes muitas vezes a roupa. Uma veste um numero abaixo da outra, resultado , uma anda com o vestido a arrastar ou com as calças a cair e a outra toda atarrécadinha sem se puder mexer.

    • Mariana Seara Cardoso

      ahahahahah
      Aqui como vestem o mesmo não acontece.

      Mas agora que diz, o Tomás já vestiu roupa de menina por engano… ahahah

      Beijinho

  • Ana

    Responder

    – Trocar os medicamentos ou as horas a que deviam ser dados
    – Entregar papéis com os nomes trocados (autorizações para actividades extra, levar boletins médicos trocados)
    – Trocar o nome do cão ou do gato com o dos filhos.
    – è tão grande o hábito de nos identificarmos como “a mãe de…” que já telefonei para o veterinário e me identifiquei como a mãe dos meus cães. 🙂

    • Mariana Seara Cardoso

      ahahahhahah

  • mcmv

    Responder

    Tenho 3 filhos. Agora já são crescidos mas, mesmo assim, quando um me chama respondo com o nome dos três de seguidaq e o último nome que que é que é o daquele que me chamou.
    A minha mãe fazia isso mesmo connosco (somos 4) e eu achava esquisito…

    • Mariana Seara Cardoso

      ahahahah! Somos todas iguais! 🙂

  • Marta

    Responder

    Com meus gêmeos de 2 anos, este verão fiquei com os dois fechada fora do carro no parque do supermercado! sem telefone, nem carteira, sem nada !!!! porque o meu saco ficou dentro do carro….fiquei a espera mais de 45 minutos que meu marido venha ajudar-me! grande momento de solidão…

Deixe um comentário