São gémeos, a primeira vez!

3 Comentários

São gémeos, a primeira vez!

Da primeira vez, quando soube que estava grávida de gémeos, foi engraçado e nunca mais me esqueci das palavras que ouvi naquela urgência!

Descobri que estava grávida numa hora de almoço em que fui a casa. Passei na farmácia, comprei o teste e lá fui para casa fazê-lo.

Cheguei e nem contei ao meu marido. Fiz o teste, entrei na cozinha com cara de parva e nem sabia como contar. Lá acabei por dizer, num misto de emoções e com lágrimas de felicidade a cair pela cara abaixo, mas ao mesmo tempo em pânico por estar a caminho de algo que desconhecia.

Fui a uma consulta, vi que estava grávida, mas nada de certezas de serem gémeos, só uma pequena desconfiança. De qualquer forma, era tão cedo que não houve grande ênfase…

Uns dias depois, senti-me mal e fui direta paras as urgências. Fui atendida por uma médica brasileira muito simpática, que se virou e disse: “Meu Deus, tem casinha, tem pessoa na casinha, tem casinha, tem pessoa na casinha! São gémeos e está tudo no bom caminho, mas ainda tudo muito cedo!” Eu fiquei meia a rir, meia a chorar, nervosa e sem saber o que dizer. O que que me saiu foi: “Dra., podem ter sido concebidos em períodos diferentes?” Mas sem saber bem o que dizia… Depois o meu médico explicou-me que, apesar de não ter sido o meu caso, é mesmo possível fazer um par de gémeos em dias diferentes. É raro…mas possível!

Achei piada à maneira como a médica abordou o facto de serem gémeos e nunca mais me esqueci da frase nem da voz dela.

Nesse dia, começou toda a nossa aventura que hoje é ainda mais rica, com 4 filhos, com saúde e nós cheios de AMOR para lhes dar.

Espero que assim continue e que a nossa família seja feliz como é hoje, amanhã e sempre.

❤️

Óculos |Bolon

Calças | Ali-jo

Segredos de beleza!
Dicas para Mães de Gémeos!
3 Comentários
  • Sandrine

    Responder

    “Meu Deus, tem casinha, tem pessoa na casinha, tem casinha, tem pessoa na casinha!” Adorei, que máximo!
    Também não me esqueço quando soube que eram dois. É inesquecível, tudo muda a partir desse momento :)!

  • J

    Responder

    Não imagino sequer o que é receber essa novidade quando se é mãe de primeira viagem. Com certeza é um misto de emoções. Tem uma linda família, parabéns!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

  • ameninadouro.blogspot.pt/

    Responder

    Olá,
    Também sou mãe de gémeos, têm 6 meses, e a história é muito semelhante.
    Nunca me vou esquecer quando a médica me diz: ” Uiiii vejo dois “saquinhos”: um já se sente o batimento cardíaco e já vejo o cordão umbilical; no outro ainda não deteto nada. Está grávida. Agora falta saber se um ou dois”. Só 15 dias depois se confirmou.

    Sou das excepções. Foram concebidos com uns dias de diferença. 😉

Deixe um comentário