Separar ou não separar os gémeos?

13 Comentários

Separar ou não separar os gémeos?

Tenho recebido muitas mensagens com a pergunta “devo ou não devo separar os meus filhos na escola?”.

Eu tenho uma opinião bem definida nesse campo e connosco tem corrido bem, claro que as crianças são todas diferentes mas esta é a minha opinião.

Os meus filhos não estão separados, estão juntos dois a dois e até agora andaram sempre na mesma turma.

Em relação à Matilde e ao Tomás nunca tive dúvidas, são de sexos diferentes logo não se iriam apagar um ao outro e naturalmente iriam ter amigos distintos, pois os interesses no geral também não são os mesmos. Corre muito bem, têm grupos de amigos distintos, mas também têm amigos em comum, dão-se bem mas não estão sempre juntos. Têm uma boa relação e interesses diferentes, a professora diz que não os devo separar.

Com as gémeas foi diferente e tive essa dúvida. Por agora decidimos assim, sei que mais tarde vou voltar a olhar para esta questão, mas por agora, estamos convictos que é o melhor para elas. Os interesses são diferentes e elas próprias têm personalidades bem diferentes, apesar de serem muito amigas, inseparáveis, e sofrerem uma pela outra, etc.. conseguem ter melhores amigas diferentes e brincam muitas vezes em ambientes, brincadeiras, diferentes. É bom porque em casa estão muito coladas, mas na escola e quando estamos fora de casa são independentes e conseguem ter cada uma a sua personalidade e não se “apagam” uma à outra. A professora também concorda que estão bem na mesma turma.

No entanto, se sentisse que não tinham amigos, que estavam isoladas, que uma apagava a outra, separava-as para terem cada uma a sua independência, porém, nestas idades experimentaria sempre colocar juntas e depois se fosse preciso separar.

Isto é só a minha teoria, a minha experiência, e muitos podem não concordar, mas por aqui tem corrido bem assim.

A superproteção faz bem aos nossos filhos?
Desfrutar.
13 Comentários
  • Sónia Santos

    Responder

    Olá! Eu também tenho gémeos casal. Também tinha essa dúvida, mas cada vez mais vai-se dissipando!

    Concordo contigo e quando forem pra escola, irão juntos

  • Maria Botelho

    Responder

    Tenho gêmeas, raparigas, separei-as aos 4 anos. Têm agora 6 anos e foi a escolha certa! Cresceram imenso, tornaram-se mais independentes, personalidades mais definidas, amigas/os diferentes.
    No meu caso ganhei com a separação!

  • A

    Responder

    Como gémea, nunca colocaria dois filhos gémeos na mesma turma. Andei com a minha irmã até que no fim da primária fomos nós a pedir para nos separarem. Foi o melhor que podíamos ter feito! Acho que os gémeos, como quaisquer irmãos, devem ter direito à sua independência e privacidade, sem estarem colados 24 h/dia e sem a preocupação de que qualquer coisa que façam, a mãe vai sempre saber pelo irmão.

  • Lia

    Responder

    Eu tenho um casal de gémeos que iniciaram este ano o primeiro ano. Comecaram a pré aos 3 anos e meio sempre na mesma turma e continuam. Por serem rapaz e rapariga sempre tiveram grupos de amigos diferentes, brincadeiras diferentes, interesses e atitudes diferentes. Nunca senti necessidade de os separar e espero nunca precisar. Eles proprios não querem e nunca foi colocada a questao pelas professor

  • Diana Reis Marques

    Responder

    Tenho um casal com 3 anos e começo agora a ponderar a situação do primeiro ciclo. Estão ótimos no JI, nada dependentes, mas em casa noto alguma competição que ainda assim acho que não ofusca o especial da relação e o apoio incondicional que é saberem que têm o irmão/irmã ali ao lado. Vamos ver!

  • Paula

    Responder

    Olá,
    Obrigada pela oportunidade de partilha de experiências.
    Tenho dois rapazes gémeos com 30 meses e bamos separa—los no proximo ano.
    Um deles tem imenso jeito para desenhar e o outro agora sente—se inibido e não desenha.
    Tenho receio dessas comparaçoes entre eles.

    Mas lá está, cada cado é um caso!

    Paula

  • Paula

    Responder

    Olá,
    Obrigada pela oportunidade de partilha de experiências.
    Tenho dois rapazes gémeos com 30 meses e vamos separa—los no proximo ano.
    Usm deles tem imenso jeito para desenhar e o outro agora sente—se inibido e não desenha.
    Tenho receio dessas comparaçoes entre eles.

    Mas lá está, cada cado é um caso!

    Paula

  • Josy

    Responder

    Sou gêmea e me lembro o quanto sofremos quando nos separaram de turma, perdemos a vontade de ir a escola. Nos marcou muito!
    Hoje tenho gêmeas e estão juntas! Em todas as reuniões pergunto se foi um problema, e graças a Deus não foi. Elas também tem amigos distintos e em comum. Se em algum momento acharem que é melhor pra elas ficarem separadas elas mesmas o farão.

  • Ana Sofia de Almeida Garcia Figueiredo

    Responder

    Eu também tenho gémeos, entraram este ano lectivo para o 1° Ano, nunca em momento algum me passou pela cabeça separa-los. Na creche andaram sempre juntos e funcionou sempre bem. Eles, são gémeos verdadeiros, mas, têm personalidades diferentes, têm gostos diferentes. Na escola conseguem brincar juntos, como têm brincadeira independente e têm os seus próprios grupos e amigos em comum.

  • Rita

    Responder

    Olá eu sou irma gêmea e é a melhor coisa da vida , andamos sempre juntas não creche, na primária até ao secundário sempre na mesma turma , é tão bom poder andar sempre com a mana , tivemos sempre os mesmos amigos , e fazíamos coisas separadas também , tanto que escolhemos cursos diferentes . Mas não aconselho a separar com o tempo cada um vai escolhendo o seu caminho. Beijinho

  • Adriana

    Responder

    Também temos um casal de gêmeos hoje com 6 anos, foram pra creche aos 5 meses de idade e ficaram juntos somente até os dois anos, pois foi notado pela escolinha quanto pela gente uma certa dependência do Pedro em relação a Vitória, e a separação melhorou a relação do Pedro com os coleguinhas e também melhorou muito o convívio deles em casa!

  • Patrícia L.

    Responder

    Sei que cada caso é um caso – aqui vai o meu. Tenho 25 anos e desde o 1º ao 12º ano andei sempre nas mesmas turmas que a minha irmã gémea. Só nos separámos na faculdade. E não tenho qualquer tipo de arrependimentos em ter feito a escolaridade toda com ela, foi a melhor experiência da vida. Ser gémeo é isso mesmo – partilhar tudo, todos os momentos. Separar nunca! Para mim não faz sentido.

  • Sara Ferreira

    Responder

    Nunca tinha pensado nisso. Tenho dois rapazes e estão juntos 24h por dia, mas ainda têm 18meses eheheheh
    Enquanto correr bem não me preocuparei 🙂
    beijinho

Deixe um comentário