Como são os casamentos depois do filhos? 

9 Comentários

Como são os casamentos depois do filhos?

Quando nascem os filhos, tudo muda nas nossas vidas, principalmente o casamento, que nunca mais volta a ser o mesmo.

Estou com o meu marido já quase há 13 anos, quando começamos a namorar. Como é normal, já passámos muitas fases, mas até agora temos conseguido viver sempre felizes e apaixonados.

Quando vieram os bebés, as coisas mudaram um bocadinho. Deixámos de ter tempo para nós como gostávamos e passamos a ter uma responsabilidade muito grande, que passou a pesar em todas as nossas decisões.

Sermos pais é uma missão que não tem férias. Somos pais 24 horas por dia, 365 dias por ano. Com 4 filhos tivemos que mudar mesmo muita coisa: hábitos, rotinas e prioridades.

Depois dos filhos nascerem os casamentos mudam e, em muitos casos, começam as discussões, porque o cansaço leva-nos muitas vezes aonde não queremos.

Nós já tivemos várias discussões – é normal e faz parte, mas nunca deixamos que o respeito falte e tentamos sempre descontar o cansaço.

Nesta fase, estamos os dois cansados. Já são muitos dias sem descansos, sem paragens, desde que acabou o verão que dizemos que precisamos de férias…foram 45 dias sem escola e sempre com 4 filhos em casa, muitas alturas sem ajuda e a termos de trabalhar. Estamos na fase em que o cansaço é muito e decidimos que vamos parar e pensar uns dias em nós.

Sei que não é fácil e que custa sair de perto dos nossos filhos mais do que dois dias (para muitos até um!), mas às vezes temos que pensar também em nós. Além de pais, somos homens e mulheres que se apaixonam. Um dia os filhos crescem e vão à vida deles e, se queremos chegar todos juntos à velhice, temos de alimentar os nossos casamentos. Os filhos são o melhor do mundo, mas se não é tudo bem gerido muitas vezes podemos esquecer-nos da pessoa que está ao nosso lado.

Aproveitem os casamentos e não se esqueçam de que eles também são um filho que precisa de ser cuidado e muito mimado. As discussões existem, é claro, com noites mal dormidas e cansaço (não acredito em tudo perfeito), mas se há amor e respeito tudo é mais fácil.

Às vezes, temos de admitir que precisamos de parar, namorar e pensar em nós primeiro. Se puderem, os avós também nos podem substituir por uns dias. É bom para todos.

Pais felizes = filhos mais felizes!

Desabafos de mulher!
Fim-de-semana Lisboa->Porto->Lisboa + Panda!
9 Comentários
  • Sandrine

    Responder

    Não poderia estar mais de acordo :)!
    Vou tentar tirar um fim de semana só para nós no início do ano!!
    Beijinhos e boas festas

    • Mariana Seara Cardoso

      Beijinhos e feliz Natal!
      <3

  • maria domingas carvalhosa

    Responder

    muito bem escrito e tao verdadeiro,tive 4 filhos e dificil mas com amor e respeito,agora que ja estamos os dois sos a vida deu uma volta e graças a deus tudo correu bem sempre com comprençao

  • Paula Rocha

    Responder

    Concordo plenamente com tudo o que escreveu, principalmente da parate em que os filhos crescem e voam, depois o que fica se não alimentarmos uma relação?

    • Mariana Seara Cardoso

      Bom ano e obrigada pelas palavras ❤️

  • Brenda Gramaço

    Responder

    Às vezes é mais complicado do que parece os meus filhos adoram os avós e vice versa mas os avós recusamse a ficar com os gémeos dizem que são muito pequeninos e que tem receio que acordem de noite e chorem com falta dos pais, durante o dia tudo bem mas dormir não! Portanto eu e o pai ainda não tivemos um único fim de semana a dois…andamos a rebentar pelas costuras…. Bom ano p todos

    • Mariana Seara Cardoso

      Força, um grande beijinho e bom ano!
      As noites aqui não são o pior, mas sim as birras!!!
      Fico louca com tantas birras.. 🙁

  • Rute

    Responder

    Olá Mariana, que alento nas suas palavras! Fomos pais pela primeira vez das nossas princesas com 3 meses agora e de facto o casamento ressentiu-se, o cansaço excessivo, a privação de sono e o meu marido já a trabalhar…também não temos ajudas, temos de ser nós a resolver e a tratar de tudo e actualmente eu! Sabia que os bébes mudam os relacionamentos, mas espero que as coisas normalizem 🙂

  • Ana Esteves

    Responder

    Concordo plenamente… Por aqui são 3 miúdas a mais velha com 6 anos a mais nova com 1… Tem sido uns anos loucos e o filho casamento as vezes fica de lado… Estamos a pensar tirar 6 dias para nos no verão.. mas o pai ainda não está muito convencido (é um forreta do pior ahahah)… Eu sinto mesmo falta dos dias que era só eu é ele é os nossos jantares ou saídas à dois. .. veremos se é este ano

Deixe um comentário