“A NOSSA CASA É ONDE ESTÁ O NOSSO CORAÇÃO”

1 Comentário

“A NOSSA CASA É ONDE ESTÁ O NOSSO CORAÇÃO”

A palavra família tem um significado muito forte e podemos usá-la em alguns momentos da nossa vida. Hoje é o “Dia da Família”. -Bora celebrar e pensar no valor que a palavra tem efetivamente!

Como sabem, a família tem um papel muito importante na minha vida e nas minhas escolhas. Conto com a minha família, na qual incluo também os meus amigos (a família que escolhi!) em todos os momentos importantes.

Lá em casa sempre fomos muitos e por isso, quando casei, sonhei ter pelo menos três filhos. Queria que o amor que temos se multiplicasse mais do que uma vez e que a nossa história tivesse mais e mais continuidade.

Há uns anos atrás, quando iniciei a minha vida profissional, tive a sorte de trabalhar numa marca pela qual continuo apaixonada até hoje.

É uma marca que todos conhecemos e a que, certamente, temos alguma ligação. Eu criei um laço especial e até hoje tenho carinho por ela e aplaudo os projetos que apoia e a que se associa. Na altura até a considerava parte da minha família, pois a verdade é que o nosso trabalho leva horas infinitas dos nossos dias!!

Tive o privilégio de acompanhar e de ver de perto o que fazem as Casas Ronald McDonald. Na altura só ainda existia uma e já ajudava muita gente. Neste momento existem duas Casas, em Lisboa e no Porto, com a missão e o privilégio de ajudar muitas famílias, proporcionando “uma casa longe de casa” às famílias de crianças em tratamento hospitalar, que necessitam de um lugar para permanecer, gratuitamente, para poder acompanhá-las.

Por ser o “Dia da Família”, quis falar deste projeto tão importante e apelar para que contribuam para esta ca(u)sa, de uma maneira que todos vão gostar, principalmente os vossos filhos.

Este ano a McDonald’s e a Fundação Infantil Ronald McDonald’s apresentam uma história que representa a realidade de tantas e tantas crianças e famílias que por lá passam que precisam de nós. Vou lê-la aos meus filhos – acho que vão gostar. Pelo menos dos bonecos gostaram muito. ❤

Era uma vez uma menina, a Maria, que passava os dias a brincar com a sua irmã Joana, e o seu cão Orelhas.

Um dia, a Maria ficou doente, e teve que ir para um hospital longe de sua casa. Foi nessa altura que conheceu a Casa Ronald McDonald, que ficava perto do hospital e onde ficou durante o tempo do seu tratamento. A Mãe e o Pai da Maria estiveram sempre com ela, porque esta Casa era uma verdadeira “casa longe de casa”.

Na Casa Ronald McDonald, a Maria conheceu o Pedro, um menino que também estava doente e que andava sempre vestido de pirata. Assim disfarçava a sua doença e fazia rir as outras crianças! Passado algum tempo, a Maria e o Pedro receberam boas notícias: já estavam bons e cada um poderia regressar à sua casa.

A Maria acha que ficou boa tão depressa porque, quando ficou doente, a mãe fez-lhe um coração em tecido que nunca largava pois dava-lhe muita coragem e amor. Ainda hoje o guarda, porque lhe faz lembrar o amigo Pedro. Ficaram amigos para sempre.

Esta é a história da Maria e do Pedro. Mas poderia ser a história de muitas famílias que precisam de um local para ficar durante o tratamento hospitalar das suas crianças. A pensar nelas, a Fundação Infantil Ronald McDonald criou estas Casas Ronald McDonald.
Porque “a nossa casa é onde está o nosso coração.” ❤

Podem saber sobre esta história aqui.

Com a história foram criados estes bonecos giros (feitos à mão, por artesãos) que veem nas fotografias e que podem comprar para ajudar estas Casas a ajudar cada vez mais famílias que precisam. Estes bonecos podem ser adquiridos nas Casas ou no site.

Partilho também outras formas de contribuir para ajudar estas Casas e famílias…

  • Fazendo um donativo para o NIB 0033 0000 45237180349 05 (ao abrigo do Estatuto dos Benefícios Fiscais).
  • Colocando um donativo nas caixas-mealheiro existentes nos restaurantes McDonald’s, que se destinam a recolher donativos da sociedade civil.
  • Oferecendo-se como voluntário para uma das Casas Ronald McDonald, ajudando na dinamização de atividades ou outras tarefas que visem a promoção do bem-estar das famílias das Casas.
  • Oferecendo donativos em géneros às Casas Ronald McDonald.Obrigada!Partilhem este post para chegar a mais e mais pessoas e podermos ajudar mais e mais famílias.

Obrigada!

Partilhem este post para chegar a mais e mais pessoas e podermos ajudar mais e mais famílias.

Tarde a três!
Fim de semana histórico!
1 Comentários
  • Carla Duarte

    Responder

    A casa a que se refere é uma IPSS

Deixe um comentário