É hora de mudar!

2 Comentários

Já passou um ano, muita coisa foi acontecendo, muitas experiências novas e muitas repetidas, que mais pareciam um déjà-vu de tão perto que foram.

Foi um ano de novas adaptações e um ano mais difícil de que quando tive os primeiros gémeos. O que supostamente devia ser um bicho-de-sete-cabeças transformou-se em – pasme-se! –  “facilidade”.

Foi um ano de noites mal dormidas, de muitas fraldas e, acima de tudo, de tentarmos ser os melhores pais possíveis e de dar muito amor aos quatro de forma igual. Nem sempre o conseguimos e ficámos frustrados, mas nunca desistimos do nosso objectivo que é fazer estas quatro crianças felizes. Acho que esse objectivo está a ser superado, acho que são felizes e que vivem a vida a sorrir!

“Evolução” é palavra de ordem nesta família e esta semana, de malas arrumadas, foi hora de evoluir na alimentação da Francisca e da Maria do Carmo! Com os 12 meses feitos a alimentação tem que mudar, é preciso dinamizar e apostar em novos sabores e introduzir novos alimentos.

Nesse sentido, esta semana a sopa já não teve carne nem peixe e não foi o único prato, as gémeas começaram a ter uma alimentação mais parecida com a nossa: sopa, prato principal e fruta. Comecei por dar o prato principal em primeiro lugar uma vez que era uma novidade e dado o facto de elas terem mais fome ao início, pelo que achei que ia ser mais fácil; por incrível que pareça não correu mal, dei um puré com frango cozido e até posso dizer que gostaram! Pelo menos a comparação que tive foi dos primeiros que me lembro que cuspiram tudo na primeira vez, a F e a MC fizeram cara feia mas comeram quase tudo, amanhã vou experimentar peixe e batatas cozidas e brócolos e vamos ver se também não corre mal!

Lembro-me que esta é uma fase mais chata porque nos assusta a possibilidade de se engasgarem e estamos mais aflitos, é uma fase em que vou estar mais atenta e aproveitar que comem mais para retirar o leite da meia-noite, vamos ver se consigo!

Por outro lado, olho para as gémeas e sinto-as tão bebés em relação aos manos (na mesma altura) que me faz impressão já lhes estar a dar tantas coisas novas, mas faz parte, os nossos filhos crescem. <3 <3

Siga-me também no Facebook e Instagram! 

Os meus artistas!
O regresso das férias, a roupa e o Skip!
2 Comentários
  • Vera Baldissera

    Responder

    Olá, Mariana. Sou uma leitora assídua do seu blog, vejo as publicações no facebook e logo abro para as ler. Tenho 42 anos, um Aurélio de 18 anos e uma Matilde de 10 meses. 🙂 Mesmo sendo segundo filho e tendo uma vasta experiência de 11 anos, com faixa etária dos 0 aos 6 anos e formação para tal. A insegurança e o receio de algo correr mal, está sempre presente e a alimentação é uma delas. Tenho o privilégio de ainda amamentar e poder oferecer comida sólida durante as nossas refeições em família. Noutro dia, fiz cozidos: peixe, batata e brócolos e ia dando aos bocados, comeu muito bem e adorou. Sucesso, felicidade e que continue a correr tudo bem com teus 4 pequenotes.

    • Mariana Seara Cardoso

      Obrigada Vera pelo apoio e dicas!
      Beijinhos e tudo a correr bem! 18 anos é obra. 🙂

Deixe um comentário